Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Campus, Núcleos, DISER (Reservas, Estações e Bases) > Núcleos > Núcleo de Pesquisas em Rondônia - NAPRO
Início do conteúdo da página

Núcleo de Apoio à Pesquisa em Rondônia - NAPRO

Última atualização em Quarta, 06 de Setembro de 2017, 21h01 | Acessos: 4611

 

1990 - Foi criado oficialmente pelo Diretor do INPA Dr. Enéas Salati, com a finalidade de atender às demandas em C & T voltadas para as questões ambientais no Estado de Rondônia. Embora a criação oficial do NPRO tenha ocorrido somente em 1990, o início das atividades do INPA no Estado de Rondônia dada do começo da década de 80, quando da implantação do Projeto Polonoroeste que visava dar suporte técnico e científico aos projetos de assentamento nas campanhas do Estado.

1994 - Na gestão do Dr. José Seixas Lourenço, o Núcleo de Pesquisa de Rondônia, foi desativado na ocasião foram suspenso o apoio institucional e financeiro, ficando os servidores lotados na respectiva Coordenação de Pesquisa – COPE, porém domiciliados no local de existência da base desativada.

2005 - Comopartes dosesforços empreendidos pelo MCTI/INPA para reativação e fortalecimento do NPRO, a reativação formal e sua inserção no organograma administrativo do INPA já é uma decisão da atual direção do INPA, mas sua adequação a política de capilaridade ainda estão passando por estudos mais aprofundados, pois dependem da futura reorganização geral do Instituto. Esta ação político-institucional já está incluída no Plano Diretor do INPA para 2006-2010, sendo meta dentro do Termo de Compromisso de Gestão (TCG) estabelecido entre o instituto e o MCT.

2011 - Reativado o Núcleo de Apoio à Pesquisa de Rondônia – NAPRO, e sua inserção no organograma do INPA, pelo atual Diretor Dr. Adalberto Luis Val, ficando os servidores lotados na Coordenação de Ações Estratégica – COAE. De acordo com o Novo Regimento Interno do INPA, publicado no DOU nº 50, Seção 1, de 15 de março de 2011.

Compete ao Núcleo de Apoio a Pesquisa de Rondônia:

I - representar oficialmente o INPA em conselhos e eventos locais relacionados à ciência e tecnologia;

II - identificar demandas de serviços técnico-científicos e oportuniades de realização de ações de pesquisa (básica e aplicada) e extensão, a serem executadas por seu pessoal local, na sede em Manaus ou de outros Núcleos;

III - buscar recursos financeiros via submissão de propostas em Editais de agências financiadoras para realizar ações de pesquisa e extensão localmente em colaboração com pesquisadores da sede, de outros núcleos ou de parceiros locais;

IV - realizar diagnóstico anual do panorama de ciência & tecnologia local para subsidiar o INPA no planejamento de suas ações de pesquisa e extensão regionalizadas (grandes projetos regionais);      identificar pontos fortes e fracos de instituições “concorrentes” locais bem como identificar oportunidades de parcerias; evitar sobreposição de ações com instituições locais e ajustar metas e/ou objetivos do seu plano de ação à realidade de cada Estado;

V - apoiar pesquisadores do INPA em suas missões de pesquisa e extensão nas áreas de atuação efetiva de cada Núcleo, disponibilizando apoio logístico (transporte, laboratório multidisciplinar, facilidade de comunicação, escritório temporário) e humano (técnicos de campo e administrativo), independente da existência de colaboração efetiva com o pessoal local;

VI - apoiar estudantes de pós-graduação ligados aos Programas do INPA por ocasião de coletas de dados de campo nas áreas de atuação efetiva de cada núcleo, independente da existência de colaboração com o pessoal local de cada Núcleo;

VII - identificar e apoiar a participação do INPA em eventos locais voltados para a divulgação de resultados de pesquisa e extensão de tecnologias desenvolvidas por pesquisadores da instituição;

VII - colaborar em programas de pós-graduação e graduação de parceiros locais atuando formalmente no ensino e orientação de alunos destes programas;

IX - participar ou se fazer representar nas reuniões dos órgãos colegiados pertinentes;

X- dar apoio logístico e administrativo às ações do MCT no âmbito local de cada Núcleo quando estas forem solicitadas ao INPA.

Apresentamos a seguir as instituições parceiras e respectivas áreas de interesse:

Atualmente o NAPRO, tem atuado basicamente em atividade vinculadas a três projetos em parceria com instituições locais com apoio da sede em Manaus.

1-     Aproveitamento e valorização da biodiversidade na produção de bio-óleo em Rondônia;

2-     Desenvolvimento e Avaliação Participativa de Sistemas agroflorestais para a Amazônia;

3-     Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBIO) Núcleo gestor de Rondônia.

Raimundo Cajueiro Leandro, Técnico

Chefe do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Rondônia – NAPRO – PO. Nº 137/2016

Email: caju@inpa.gov.br

Fone: 69 8127-8815

Jairo Estevam Pereira – (Ouro Preto do Oeste-Reserva Biológica)

Email: jairoestevaminpa@gmail.com

Izabela de Lima Feitosa, Técnica

Email: izabela.lima@inpa.gov.br

Núcleo Regional de Pesquisas de Rondônia - NAPRO/INPA

Campus da Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Rodovia BR 364 – KM 9,5 – sentido Rio Branco/AC

78900.000 - Porto Velho – RO

Fone/fax: 69 - 322-1077/3225-8724

http://www.inpa.gov.br/nucleos/rondonia/convenio_imagem.PNG
Fim do conteúdo da página