Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC

Última atualização em Segunda, 24 de Julho de 2017, 15h22 | Acessos: 28558

 

 

Resultado Final - Bolsistas 2017-2018 PIBIC/CNPq – PAIC/FAPEAM

EDITAL 2017-2018

RETIFICAÇÃO 01 - EDITAL 2017-2018

Formulário Unico para Cadastro de Pessoal

Formulário de Plano de Trabalho - 2017

Formulário de Avaliação para Orientador - 2017

Modelo de Relatório Final PAIC 2015-2016

Normas para Resumo Expandido 2017 

Relatório Mensal 

 

 

PIBIC

A Iniciação Científica é um instrumento de alta relevância que permite a inserção dos estudantes em nível de graduação desenvolver atividades em projetos de pesquisa relacionadas à sua área de estudo. Nesta perspectiva, a iniciação científica possibilita também, atuar como um instrumento de apoio teórico e metodológico auxiliando o jovem cientista, no pensar e no fazer ciência na Amazônia. Em síntese, a iniciação científica possibilita não somente a formação, mas, a introdução no mundo da pesquisa e o estímulo ao trabalho em equipe.

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-PIBIC/CNPq e Programa de Apoio a Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas-PAIC/FAPEAM oferecem ao jovem cientista, um incentivo individual que, se operacionaliza como estratégia exemplar de financiamento seletivo aos melhores estudantes que apresentam relevantes projetos de pesquisa desenvolvidos pelos mesmos e por orientadores das diversas áreas científicas do Instituto.

A Iniciação Científica está compreendida dentro da missão institucional, uma vez que se relaciona ao esforço do INPA, qualificando pessoal de alto nível para atuar na Amazônia. Portanto, a iniciação científica tem um papel estratégico, pois incentiva a descoberta e o desenvolvimento de novos talentos, os quais são estimulados a formação científica, por meio dos Cursos de Pós-graduação formando pesquisadores para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação. Dessa forma, considera-se a bolsa de iniciação científica, como um instrumento abrangente de fomento à formação de pessoal.

 

OBJETIVOS DO PROGRAMA NO INPA

1) proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado num grupo de pesquisa experiente, a aprendizagem de técnicas e métodos científicos, bem como, estimular o desenvolvimento do pensar e da criatividade decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisas;

2) estimular pesquisadores produtivos a orientar estudantes de graduação iniciando-os na produção do conhecimento científico, tecnológico e artístico cultural;

3) preparar clientela qualificada, para ingresso nos Programas de Pós-graduação, contribuindo de forma decisiva à redução do tempo médio de permanência desses estudantes, aprimorando o processo de formação de profissionais para o Setor Produtivo, reduzindo o tempo médio de titulação de mestres e doutores;

4) contribuir para que, na próxima década, diminuam as disparidades regionais na distribuição da competência científica no país.

 

CLIENTELA

O Programa de Iniciação Científica concede bolsas a estudantes de graduação a partir do 2º período letivo.

 

ÁREAS DE ABRANGÊNCIA

As grandes áreas atendidas pelo PIBIC/INPA são as seguintes:

a) Ciências Exatas, da Terra e Engenharia;

b) Ciências Biológicas;

c) Ciências Agrárias;

d) Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas.

 

Fim do conteúdo da página