Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Notícias

Névoa de fumaça em Manaus é resultado das queimadas

  • Última atualização em Sexta, 02 de Outubro de 2015, 11h47
  • Acessos: 3013

Foto: Érico Xavier - Agência Fapeam

 

Entenda por que Manaus amanheceu nesta quarta-feira (1) encoberta por forte fumaça. Veja resposta do pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), Antônio Ocimar Manzi, Doutor em Física da Atmosfera e coordenador brasileiro do projeto teuto-brasileiro Observatório da Torre Alta na Amazônia (ATTO) e dos projetos em cooperação Brasil-Estados Unidos GOAmanzon.

 

Por que Manaus amanheceu encoberta por densa nuvem de fumaça?

 

Antônio Manzi – Essa é uma situação que já aconteceu antes. Têm tido queimadas no entorno de Manaus, facilitadas pelo tempo seco e quente dessa época do ano. Como à noite a superfície emite mais radiação do que recebe da atmosfera, a atmosfera se resfria de baixo para cima. Isto é, o ar mais frio e denso fica embaixo e o ar mais quente e menos denso fica por cima. Esse processo cria uma camada de inversão térmica noturna que dificulta o transporte de ar, fumaça e poluição da superfície para a atmosfera mais alta. Nessas condições, a fumaça produzida nas queimadas fica presa na parte de baixo da atmosfera e o vento a transporta horizontalmente, neste caso trazendo para a cidade, que amanhece com a névoa de fumaça das queimadas.

 

PEsquisador do Inpa Antonio Manzi Foto Érico Xavier Agência Fapeam Cópia

 

De manhã quando os raios de sol vão chegando, eles vão esquentando a superfície e essa começa a aquecer o ar em contato com ela. Esse ar mais quente em contato com a superfície torna-se menos denso que o ar acima dele. Por ser mais leve, ele sobe e vai levando a fumaça de baixo para cima. O ar que ocupa o lugar do ar que subiu também se aquece em contato com a superfície, se expande e sobe também. Esse processo vai criando uma camada de mistura de ar, que vai crescendo ao longo da manhã e vai diluindo a fumaça que estava concentrada perto da superfície em um volume de ar muito maior. Por isso, por volta das 11 horas da manhã a fumaça já não é mais visível. 

 

Entretanto, se as queimadas continuarem e os ventos noturnos forem favoráveis, outros episódios como esse acontecerão. Em 2010, um ano de seca intensa em grande parte da Amazônia, ocorreram em Manaus vários episódios como o desta manhã 1º de outubro de 2015, inclusive teve uma manhã encoberta de fumaça quando estavam em Manaus o ex-presidente Lula e o falecido ex-presidente Chaves da Venezuela.

 

Saiba mais:

Neste link é possível ter acesso ao Monitoramento de Queimadas e Incêndios.

http://sigma.cptec.inpe.br/queimadas

registrado em:
Fim do conteúdo da página