Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Notícias

Incubadora do Inpa seleciona cinco empreendimentos de base tecnológica

  • Última atualização em Sexta, 17 de Março de 2017, 12h01
  • Acessos: 1351

Três vagas são para empresas se instalarem dentro do prédio da Incubadora do Inpa e duas vagas para empreendimentos estabelecidos na Região Metropolitana de Manaus que receberão à distância todo o suporte necessário da incubadora para que o negócio seja bem-sucedido

  

Da Redação – Ascom Inpa

Fotos: Acervo da coordenadora e Cimone Barros

 

A Incubadora de Empresas do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/ MCTIC), por meio da Coordenação de Extensão Tecnológica e Inovação (Coeti), está com seleção aberta até o dia 06 de abril para novos empreendimentos inovadores de base tecnológica. São oferecidas cinco vagas, das quais três na modalidade residente (ocupa espaço dentro do prédio da incubadora) e duas vagas na modalidade não-residente (a empresa recebe à distância o suporte da incubadora). Veja aqui o edital 001/2017.

Segundo a Coordenadora da Coeti, Noelia Falcão, este é o segundo edital lançado pela Incubadora do Inpa, e é muito parecido com o de 2015. Uma das principais diferenças é que agora as vagas destinadas às empresas não-residentes são para aqueles empreendimentos estabelecidos na Região Metropolitana de Manaus (Autazes, Careiro, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Itapiranga, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Novo Airão, Rio Preto da Eva e Silves) e não em toda a Amazônia, como no edital anterior.

“Fizemos essa mudança porque os custos com deslocamentos na Amazônia são muito altos. Além disso, dominamos melhor o mercado de Manaus e regiões próximas”, explicou Falcão.

 

fotonoelia Acervo

 

O processo de seleção acontecerá mediante inscrição e inclui capacitação e orientação para elaboração de plano de negócios. As inscrições tiveram início na última quinta-feira (15). O objetivo do certame é selecionar, preferencialmente, empreendimentos que atuem em áreas dos quatro focos de pesquisa do Inpa, que são Dinâmica Ambiental; Biodiversidade; Tecnologia e Inovação; e Sociedade, Ambiente e Saúde.

De acordo com a Coeti, essas são áreas em que o Instituto possui competência reconhecida internacionalmente, podendo significar vantagem competitiva para os empreendimentos selecionados. “Também anexamos o nosso portfólio de produtos e processos com a intenção de que alguma empresa ou empreendedor se interesse pelas tecnologias do Inpa, como aconteceu como a sopa desidratada de piranha, mas isso não é obrigatório”, contou a coordenadora, destacando que atualmente o Inpa possui 72 tecnologias protegidas, das quais oito com patentes concedidas, como a farinha de pupunha e produtos cosméticos à base de óleos de pupunha e buriti.

Atualmente o Inpa possui três empresas incubadas. Entre elas está a Original Trade, contemplada no fim do ano passado com o Edital Sebrae de Inovação. O recurso de R$ 120 mil servirá para impulsionar o projeto da empresa e desenvolver insumos naturais para cosméticos e produtos nutricionais utilizando frutos da Amazônia, como açaí, buriti e camu-camu.

“Nós já temos duas empresas graduadas, a Hdom e a Socioambiental, que passaram pelos três anos de incubação e hoje estão no mercado. E isso é um indicador de que a nossa incubadora está dando certo, que têm bons resultados”, destacou Falcão.

Inscrições

incubadraselecao

 

As inscrições devem ser realizadas mediante o preenchimento e  envio do formulário de inscrição que deve ser encaminhado à gerência da incubadora, localizada no Campus I do Inpa, na Av. André Araújo, Aleixo, juntamente com o comprovante de depósito da taxa de inscrição no valor de R$ 100,00 (cem reais), ou mediante solicitação dos arquivos que devem ser encaminhados para o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. O resultado das inscrições válidas está previsto para o dia 7 de abril.

Para participar do processo seletivo, o empreendedor não precisa possuir um negócio formal com CNPJ e demais documentos de formalização necessários, mas, caso seja selecionado, o mesmo deve providenciar a formalização do negócio com a abertura de empresa, momento em que o contrato será assinado.

A programação do edital prevê ainda a realização do II Workshop da Incubadora do Inpa – Sensibilização de Potenciais Empreendedores, no dia 28 de março, das 15h às 17h, no auditório da biblioteca (Campus I). O evento será uma oportunidade para que os possíveis empreendedores conhecerem um pouco mais sobre a incubadora e sobre o processo de seleção e incubação, bem como conhecerem um pouco mais sobre o processo de transferência de tecnologia a partir da apresentação do portfólio de tecnologias do instituto.

Os interessados em participar do Workshop podem se inscrever até o dia do evento, por meio do link: https://goo.gl/forms/0hOpvKBUtruKIwgv1

 

Sobre a Incubadora de Empresas

 

Incubadora1 Foto Cimone Barros INPA

 

A IE-Inpa é uma incubadora de base tecnológica que tem por finalidade contribuir para criação, desenvolvimento e maturidade de empreendimentos, nos seus aspectos pessoais, tecnológicos, capital, mercadológicos e de gestão, de modo a potencializar o seu desenvolvimento por meio do fortalecimento e melhoria de desempenho.

A Incubadora do Inpa propõe um apoio que permita às empresas crescerem e aumentarem sua capacidade competitiva. Esta categoria consiste em: espaço físico, realização de capacitações, palestras, treinamentos, os serviços de orientação gerencial (consultorias, assessorias) e acesso a uma rede de contatos privilegiada, entre outros, baseados no Modelo de Gestão de Incubadoras, denominado Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE).

registrado em:
Fim do conteúdo da página