Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Notícias

Roda de Conversa do Inpa debate a condição da mulher no mundo contemporâneo

  • Última atualização em Terça, 06 de Março de 2018, 14h50
  • Acessos: 693

Para debater o assunto foram convidadas a pesquisadora da Embrapa Elisa Wandelli, militante de movimentos sociais e ambientalistas; e a educadora social Katia Regina Barreto Lima do Consulado da Mulher

 

Da Redação -  Ascom Inpa

Arte: Ayrton Hugo

 

Como parte das comemorações ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) realiza, nesta quarta-feira (7), a primeira Roda de Conversa do ano. O tema desta edição é “A condição da mulher no mundo contemporâneo”. A conversa acontecerá às 15h, na Sala de Estudos da Biblioteca, no Campus I  do Inpa, com entrada pela Rua Bem-te-vi, s/nº, Petrópolis, zona Sul de Manaus.

 

Para debater o assunto foram convidadas a pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Elisa Wandelli, militante de movimentos sociais e ambientalista; e a educadora social Katia Regina Barreto Lima do Instituto Consulado da Mulher - uma ação social da marca Consul com o objetivo de assessorar empreendimentos populares protagonizados por mulheres com aporte de conhecimentos e recursos que viabilizem geração de renda e qualidade de vida.

 

De acordo com a idealizadora e coordenadora do ciclo de debates, a pesquisadora Rita Mesquita, titular da Coordenação de Extensão (Coext), as perspectivas do evento para este ano é que a Roda de Conversa no Inpa continue se consolidando como um espaço democrático de conversas sobre temas de interesse e que ajude a comunidade do Instituto a construir opiniões bem informadas sobre assuntos contemporâneos.

 

banner roda de conversa

 

“Estamos abertos a sugestões provenientes da comunidade interna, e sempre que possível temos buscado atendê-las”, disse Mesquita.

 

Sobre o Dia da Mulher

 

Segundo uma das colaboradoras do grupo de mobilizadores da Roda de Conversa, Denise Gutierrez, coordenadora de Tecnologia Social, como no  dia 8 será comemorado o Dia Internacional da Mulher, o Inpa aproveitará a data do dia 7 para fazer a comemoração na Roda.

 

Gutierrez explica que o Dia da Mulher surgiu como uma luta das mulheres no final do século X e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das reivindicações femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto. “Esse dia vem marcado fortemente pela oposição à subjugação e inferiorização da mulher e pela busca de liberdade e exercício cidadão”, diz.

 

Ainda segundo Gutierrez, que é psicóloga, a Roda de Conversa será um reconhecimento da importância social da mulher na sociedade e na ciência, sem pieguismo ou romantismo ingênuo, e da luta pela igualdade de gênero.

 

Para Gutierrez, é importante notar que, embora se tenha avançado tanto na área da ciência e tecnologia e obtido uma maior inclusão das mulheres em diversos espaços sociais, ainda vivemos num país muito desigual, onde as mulheres ganham menos que os homens, em funções semelhantes, e muito frequentemente enfrentam dupla jornada de trabalho, responsabilização pela felicidade da família e criação solitária dos filhos.

 

“Pensar a questão das mulheres, seu protagonismo em diversas áreas e os desafios ainda a serem vencidos é fundamental”, destaca Gutierrez. “Aproximar homens e mulheres ao redor desse tema é importante para qualquer instituição articulada e preocupada com as realidades locais e brasileiras”, complementa.

 

Sobre A Roda de Conversa

 

A Roda de Conversa é uma iniciativa da Coordenação de Extensão (Coext) sob a responsabilidade da pesquisadora Rita Mesquita. O objetivo do evento é estimular o debate sobre assuntos de interesse da comunidade, buscando a construção de uma visão mais cidadã sobre assuntos em foco. 

 

Os encontros acontecem na segunda quarta-feira de cada mês, às 15h, na Sala de Estudos da Biblioteca do Inpa, situada no Campus I, bairro Petrópolis, Manaus (AM). Nesta edição excepcionalmente será na primeira semana do mês.



registrado em:
Fim do conteúdo da página