Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Notícias

Curso básico de Entomologia do Inpa atrai estudantes de várias regiões do Brasil

  • Última atualização em Quinta, 04 de Outubro de 2018, 10h49
  • Acessos: 682

Idealizado e coordenado pelos alunos e professores do Programa de Pós-graduação Entomologia do Inpa, o CEAM busca fornecer uma formação básica em entomologia a graduandos de ciências biológicas e áreas correlatas, com foco na fauna amazônica

 

Por Letícia Misna (texto e foto)- Inpa


Com o objetivo de fornecer uma formação básicaem entomologia aos graduandos de ciências biológicas e áreas correlatas, com foco na fauna amazônica, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) realiza durante duas semanas o II Curso de Entomologia na Amazônia (II CEAM). Trinta e cinco estudantes de graduação e pós-graduação foram selecionados para o curso, que teve início no dia 17 e encerra nesta sexta-feira (28).

“O incentivo para a segunda edição do curso adveio dos resultados obtidos na primeira edição, por meio de vários de seus participantes que ingressaram tanto no Programa de pós-graduação em Entomologia do Inpa quanto em outros programas de PG do Brasil”, destaca o pesquisador do Inpa e coordenador geral do curso, José Albertino Rafael.


Uma das responsáveis pela organização do evento, a mestre em entomologia Sheila Lima, destaca que a principal diferença, em relação à edição anterior, é que nesta os alunos estão tendo maior tempo de interação com a natureza, por meio de duas excursões de campo.

 

IICEAMLeticiaMisnaINPA3


A primeira de dois dias e uma noite foi em ambiente terrestre, na Reserva Ducke, onde aprenderam o princípio de atuação de diversos modelos de armadilhas de captura de insetos; a segunda, em ambiente aquático, numa viagem de barco, para conhecer as fitofisionomias em ambientes dos rios de água preta e água branca, as quais abrigam grande riqueza de insetos.


Segundo Lima, outra vantagem deste ano é que curso propiciou maior participação do quadro de estudantes regulares da PG em Entomologia em atividades didáticas, práticas e teóricas. “É muito importante trazer um curso de formação básica em Entomologia para a Amazônia. É o terceiro curso do tipo no Brasil, e o primeiro na região Norte”, destacou Lima.


O curso contempla o estudo dos artrópodes em suas várias interfaces, desde a taxonomia, sistemática, biogeografia, ecologia e biologia até áreas mais aplicadas, como o controle biológico, entomologia agrícola e a importância dos insetos como modelos nas diversas áreas do saber biológico. A importância dos artrópodes está relacionada a sua grande diversidade na natureza, cerca de 80% de todos os organismos animais conhecidos, e a Amazônia detém a maior cota desta riqueza.

 

IICEAMLeticiaMisnaINPA1


Participação


O evento recebeu cerca de 100 inscrições e conta com representantes de todas as regiões do Brasil, com exceção do Sul, e ainda uma representante do Peru. “Nós queremos mantera pós-graduação em Entomologia do Inpa em destaque, como uma pós-graduação de renome, e de alta qualidade, com alunos e professores envolvidos no curso e atuando na formação de futuros pesquisadores de ponta”, diz Lima.


“Quando a gente faz um evento desses é realmente para mostrar quem está aqui, com o que trabalha e mostrar a importância do Inpa e da instituição nessa área de estudo”, disse Paula Jéssica Costa Pinto, que participou da primeira edição do curso, hoje é aluna de mestrado, e faz parte da atual comissão organizadora.

O curso é realizado pelo PPG Entomologia do Inpa com apoio financeiro da Rede Temática Biodiversidade de Insetos na Amazônia (rede BIA) e da Sociedade Entomológica do Brasil (SEB).

registrado em:
Fim do conteúdo da página