Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Notícias

Diretora Antonia Franco estreita interlocução com o titular da Seplancti

  • Última atualização em Sexta, 15 de Fevereiro de 2019, 16h14
  • Acessos: 1008

Visita INPA Seplancti Foto Cimone Barros 13

Visita de cortesia de Antonia Franco e Hillandia Brandão ao secretário Jório Veiga aconteceu na manhã desta sexta-feira

 

Por Cimone Barros (texto e fotos) - Inpa

 

Unir forças institucionais para desenvolver segmentos produtivos no Amazonas e melhorar a qualidade de vida do homem do interior. Essa foi a tônica da conversa da diretora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC), Antonia Franco, com o titular da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), Jório Veiga.

 

Com mais de 60 anos, o Inpa é uma instituição de excelência na Amazônia na construção do conhecimento sobre biodiversidade, mudanças climáticas e vem destacando-se na produção de tecnologias, a maioria produtos, que têm na sua base as pesquisas da Instituição e o desenvolvimento sustentável da região.

 

Para a diretora do Inpa, essa interlocução com a Seplancti e outras instituições é fundamental. “Temos um vasto conhecimento, mais de 70 tecnologias que podem ser transferidas e usadas para ajudar a desenvolver a região e melhorar a vida das nossas populações ribeirinhas, como é o caso do purificador de água (água box) e da criação de peixes em canais de igarapé”, destacou Antonia Franco.

 

De acordo com Veiga, o trabalho da Seplancti será pautado por seis eixos principais: turismo, bioeconomia, mineração, piscicultura, tecnologia da informação e o setor primário, sem se esquecer de “modernizar o Polo Industrial de Manaus (PIM)”. Atualmente, 82% da economia do Amazonas giram em torno do PIM, segundo Veiga, e mais de 90% da economia do Estado concentram-se em Manaus. “Isso a gente quer mudar”, adiantou o secretário.

 

Visita INPA Seplancti Foto Cimone Barros 11

 

“Estamos buscando unir forças, entender o que está disponível e como essas produções que foram feitas pelo Inpa podem ser levadas aos nossos irmãos do interior, nossos ribeirinhos que precisam tanto”, completou o secretário da Seplancti.

 

A diretora substituta do Inpa, Hillândia Brandão, também participou da visita de cortesia a Veiga, nesta sexta-feira (15), na sede do órgão estadual. Para ela, essa junção de parcerias do Inpa com instituições envolvidas com CT&I da Amazônia tem um potencial muito grande, e para o Inpa é uma possibilidade das tecnologias e patentes virarem produtos e soluções à disposição da população.

 

“Se eles têm demandas e nós as patentes isso pode convergir num projeto, apoiado pela Fapeam, que atenderá demandas da população amazônica”, disse Brandão.

registrado em:
Fim do conteúdo da página
Experimente o novo WEBMAIL do INPA.