Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Laboratórios Temáticos > Biotério Central > Infraestrutura
Início do conteúdo da página

Infraestrutura - Biotério Central

Última atualização em Quarta, 08 de Janeiro de 2020, 11h25 | Acessos: 293

ESTRUTURA

O Biotério Central do Inpa possui estrutura mista onde ocorrem criação e experimentação animal. Na primeira apenas os servidores responsáveis adentram. A segunda área, onde ocorre a experimentação com roedores, o acesso é controlado e apenas pesquisadores autorizados utilizam.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

O horário de Funcionamento do Biotério é de 8:00 às 18:00 horas de segunda a sexta-feira, sábados, domingos e feriados não haverá expediente, somente plantão de verificação e sobreaviso, em casos de emergência. No caso de experimentos nestes dias, o pesquisador responsável deverá comunicar oficialmente à Coordenação do Biotério Central a necessidade de acesso às áreas experimentais.

As áreas onde os animais são mantidos funcionam em regime de fotoperíodo, sendo 12 horas claro e 12 horas escuro. Às 17:40 horas todas as luzes das salas são desligadas, sendo que os procedimentos e experimentos deverão terminar impreterivelmente até às 17:00 horas.

Os casos omissos deverão ser encaminhados à Coordenação Técnica do Biotério Central.

 

ACESSO À ÁREA EXPERIMENTAL

Para acessar a área experimental o pesquisador deverá primeiramente realizar a higienização das mãos no lavatório de entrada. Depois de realizado este procedimento, deve-se adentrar ao corredor de acesso à área experimental, realizando a paramentação que consiste em colocar a touca e máscara e vestir o macacão, gorro e bota de sala limpa, itens estes que estão localizados no armário no corredor de acesso. É recomendado retirar anéis, brincos, maquiagem, colares e demais adornos antes da paramentação.

Seguir adiante respeitando o intertravamento de portas e com sua senha pessoal adentrar a sala experimental específica.

Na saída deve-se retirar todos os itens de paramentação e acomoda-los nos respectivos depósitos identificados no corredor de saída.

 

RESTRIÇÕES

• Não é permitido adentrar ao Biotério Central vestindo bermuda, shorts, miniblusa, minissaia saia e calçados abertos;

• Mochilas, bolsas, celulares e demais itens do gênero deverão ser deixados no armário específico localizado na recepção do Biotério Central;

• Não é permitido alimentar-se e fumar dentro do Biotério;

• Não é permitido beber água nas áreas experimentais.

 

CONTROLE DE ACESSO

O biotério é composto por um rígido controle de acesso, composto por:

• Antecâmara:

Espaço fechado com duas ou mais portas, interposto entre duas ou mais áreas de classes de limpeza distintas, com o objetivo de controlar o fluxo de ar entre ambas, quando precisarem ser adentradas. A antecâmara foi projetada de forma a ser utilizada por pessoas ou materiais.

• Sistemas de intertravamentos:

Sistemas completos para duas ou três portas. Funciona da seguinte forma: Portas A e B nunca podem estar abertas ao mesmo tempo. Para Porta A abrir, B precisa estar fechada. Para porta B abrir, porta A precisa estar fechada. A porta está liberada para ser aberta quando o Led verde estiver aceso, ao abrir uma porta o sistema bloqueia as demais, acendendo o Led vermelho das demais. Nunca forçar uma porta com LED Vermelho. O sistema é composto por componentes eletrônicos muito sensíveis podendo danificar ao forçar. Caso ocorra de esperar mais de 2 minutos e o LED permaneça vermelho, deverá pressionar o botão de abrir e aguardar 30 segundos, a porta irá liberar automaticamente sem a necessidade de forçar a porta.

• Sistema de controle por senhas:

O sistema possui um administrador que cadastra a senha dos usuários durante o período de seu experimento sendo excluídas ao final de seu projeto.

• Acesso às salas experimentais:

Por se tratarem de salas multiusuários, o pesquisador que for iniciar um experimento, deverá programar os dias e horários que pretende utilizar a área experimental no Plano de Execução específico.

 

UTILIZAÇÃO DAS SALAS

Os procedimentos experimentais são de responsabilidade dos pesquisadores e seus assistentes envolvidos na pesquisa, os quais deverão manter os locais dos procedimentos limpos, e em ordem, todas as vezes que utilizarem seguindo as recomendações das normas pré-estabelecidas pela Coordenação do Biotério.

A cabine de fluxo laminar é um equipamento de biossegurança para o usuário quanto para os animais, para o bom funcionamento da mesma, antes de iniciar os procedimentos, o pesquisador usuário deve limpar o interior da cabine com um pano umedecido com alcool 70% e em seguida ligar a lâmpada U.V. por 15 minutos. O usuário deverá retirar-se da sala neste período, tendo em vista que a U.V. é prejudicial à saúde, podendo provocar queimaduras e lesões oculares. Após a esterilização da cabine, a experimentação poderá ser iniciada.

 

LIMPEZA

• Cabine de Fluxo Laminar:

Ao final de cada experimento realizado na cabine de fluxo Laminar o pesquisador deverá realizar a limpeza conforme os procedimentos de limpeza descritos, ou seja:

   - Embeber um pedaço de papel toalha em álcool a 70%;

   - Iniciar a limpeza em todo o equipamento de trás para frente unilateralmente;

   - Girar a chave para direita e soltar rapidamente para acionar a luz UV;

   - Sair da sala imediatamente e esperar a luz UV desligar automaticamente (15 minutos);

   - Ao retornar para a sala verificar se a luz comum está ligada.

• Instrumental cirúrgico:

Os instrumentos cirúrgicos deverão ser limpos pelos pesquisadores após a utilização e entregues em seguida ao técnico responsável para autoclavagem do material, para um próximo uso.

• Mini isoladores:

As trocas, limpeza e esterilização dos mini isoladores das salas de experimentação são realizadas pela equipe técnica do Biotério Central, todas as segundas-feiras e terças-feiras no período da manhã.

• Salas:

A higienização das salas de experimentação é realizada pela equipe técnica do Biotério, todas as segundas-feiras e terças-feiras no período da manhã.

Fim do conteúdo da página