Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Notícias Ações contra a Covid-19 > Inpa auxilia o Lacen do Amazonas no combate à infecção pelo novo coronavírus
Início do conteúdo da página

Inpa auxilia o Lacen do Amazonas no combate à infecção pelo novo coronavírus

Última atualização em Sexta, 24 de Abril de 2020, 16h31 | Acessos: 352

Ciclador LEEM-INPA

A colaboração entre entidades de pesquisa vai ajudar no diagnóstico de novos coronavírus no Amazonas

Por Izabel Santos - LEEM / Inpa

Fotos: Divulgação LEEM / Inpa

O Laboratório de Ecofisiologia e Evolução Molecular (LEEM) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa / MCTIC) disponibilizou um termociclador da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), que será utilizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen) na detecção de presença de vírus SARS-CoV 2, que causa Covid-19.

O empréstimo de equipamentos como esse, conseguido por financiamento na pesquisa, demonstra a importância do uso compartilhado entre várias instituições, facilitando a realização de um número maior de testes de diagnóstico e favorecendo medidas de atendimento a pacientes e com maior rapidez e segurança, trazendo benefícios para todos.

O termociclador ou a máquina PCR é um equipamento usado para detectar a presença de material genético em amostras analisadas. Possibilidade de uso do método molecular ou reação na cadeia da polimerase (PCR / Polymerase Chain Reaction ), para diagnóstico da presença de vírus nas análises analisadas. O diferencial dele é fazer isso em tempo real. “Assim, os testes de diagnóstico para COVID-19 serão executados em menos tempo, ou ajudarão as autoridades de saúde do Amazonas a agir mais rapidamente, isolando e tratando pacientes da doença", explica o técnico do LEEM e mestre em Microbiologia Rogério Pereira.

Um PCR em Tempo Real, ou PCR Quantitativo em Tempo Real, é uma variação da técnica de PCR, que permite a amplificação dos resultados e a detecção de RNA ocorram simultaneamente. O resultado é visualizado em tempo real durante uma amplificação da sequência de interesse, com capacidade ainda de gerar resultados quantitativos com maior precisão.

"Assim, podemos fazer um quantitativo da carga viral da amostra, determinar o quanto o paciente é um potencial transmissor da doença e, dessa forma, saber também a fase clínica da doença. Quanto maior a carga viral mais próxima na fase aguda. Com isso , uma confirmação é feita com mais precisão, permite definir chances de outras doenças respiratórias ", acrescenta Pereira.

Termociclador 4 Foto Divulgação LEEM INPA

O coordenador do LEEM, o biólogo Adalberto Luis Val, avalia a parceria e o resultado de sucessos investimentos realizados ao longo do tempo para o incremento de infraestrutura e formação da mão de obra científica.

“A sociedade brasileira, por meio do CNPq e da Capes, e a sociedade amazonense, por meio da Fapeam, investiram recursos abertos na C&T ao longo das últimas décadas. Com esse apoio produzimos informações relevantes e formamos pessoal. Nesse momento, nossa colaboração é necessária. Entre os caminhos possíveis ou o uso de equipamento para diagnóstico de novo coronavírus ”, disse Val. “Este é o mesmo equipamento que utiliza para estudar os peixes que se alimentam, mas que agora servem para ajudar em outra área, um Covid-19. A operação do equipamento será feita por uma doutora formada pelo Inpa ”, conclui Val.

Sobre o LEEM

O Laboratório e Ecofisiologia e Evolução Molecular (LEEM) recebe, atualmente, cerca de 50 pesquisadores de mestrado e doutorado em programas de pós-graduação em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (PPG-GCBEv) e Biologia de Água Doce e Pesca Interior (PPG -Badpi). Não há pesquisas locais, principalmente, um respeito de segurança alimentar. Além disso, o laboratório é sede do INCT / Adapta - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, adaptações da Biota Aquática da Amazônia, que produz informações básicas e qualificadas sobre como alterações alteradas podem alterar as alterações de peixes, plantas e mosquitos às mudanças ambientais na Amazônia.

registrado em:
Fim do conteúdo da página