Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Pesquisadores discutem rumos da aquicultura do país
Início do conteúdo da página
Notícias

Pesquisadores discutem rumos da aquicultura do país

  • Publicado: Quinta, 19 de Março de 2009, 00h00
  • Última atualização em Sexta, 12 de Junho de 2015, 11h15

 

Ascom Inpa

Reunidos em Belém, cientistas discutiram sobre as metodologias para a utilização de ingredientes alternativos na confecção de rações

Integrar as ações do componente Nutrição de Espécies Aquícolas, da Rede Aquabrasil, responsável pelas bases tecnológicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no país. Este foi um dos objetivos do primeiro workshop do projeto realizado em Belém (PA), nos dias 4 e 5 de março, na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) – Amazônia Oriental.

Durante o encontro, foram discutidas as metodologias para a utilização de ingredientes alternativos na confecção de rações obtidas a partir de resíduos da indústria da extração, por exemplo, o farelo de soja, torta de babaçu, farelo de algodão, macaxeira. A idéia é unificar as metodologias utilizadas entre os parceiros do Aquabrasil e, ao mesmo tempo, gerar planos de ação para os anos de 2009 e 2010.

Segundo a cientista líder do Aquabrasil, Emiko Kawakami de Resende, as pesquisas envolverão temas como nível protéico, o qual pode ser utilizado para reduzir o impacto dos resíduos na criação de peixes, uma vez que podem afetar a qualidade da água. As linhas de pesquisa também serão direcionadas a ingredientes alternativos para baratear custos de produção e efeitos dos probióticos (bactérias que podem viver ou não no trato digestivo dessas espécies), os quais melhoram o desempenho em termos de crescimento e aproveitamento das rações.

Resende ressaltou que, na ocasião, também foram discutidas ações de transferência de tecnologia para estas pesquisas.

O encontro reuniu representantes da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (Seap/BR), ligada à Presidência da República, Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), além da Unidades da Embrapa Amazônia Oriental, Pantanal, Tabuleiros Costeiros, Semi-Árido, Meio Norte e Meio Ambiente.

Aquabrasil – É um grupo de pesquisa multi-institucional e interdisciplinar, o qual visa estabelecer bases tecnológicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no Brasil, do ponto de vista econômico, social e ambiental.

Ascom Inpa, com informações da

Embrapa-Patanal

registrado em:
Fim do conteúdo da página
Estamos em testes com a nova interface do Webmail do INPA.
Basta clicar aqui e conferir.